Blog

Leitura Orante da Escritura – 03

QUARESMA 2014
Comunidade São Vicente

Leitura Orante da Escritura – 03
Exercício com textos do 3º Domingo da Quaresma

 

Introdução: Refrão Meditativo /Sinal da Cruz / Breve oração

  1. Ler apreciando as tramas do texto

 

Vamos tomar como referência a leitura breve do Evangelho da Samaritana.

a) Vamos, primeiramente, escutá-lo.

b) Depois, iremos lê-lo pessoalmente e em silêncio.

c) Leremos, em seguida, mais uma vez silenciosamente, prestando atenção em alguns detalhes importantes:

 

- O lugar do encontro. João “gasta” alguns versículos para montar o cenário do encontro;

- Sobre que assunto o diálogo é montado? Qual a perspectiva da mulher? Qual a perspectiva de Jesus? Que rumo a conversa toma?

- Existe um nexo entre a introdução e a conclusão do trecho?

 

 

(Colar o texto aqui.)

 

  1. Ler buscando reconhecer os fios que tecem a trama do texto

 

Vamos buscar na própria Escritura Sagrada de onde provém alguns fios que compõem o tecido textual. Utilizaremos como referência a primeira leitura que é tirada do Antigo Testamento, do livro do Êxodo. Nosso intuito é situar o trecho do evangelho de João na dinâmica da História da Salvação:

 

  1. Leia silenciosamente o texto da primeira leitura; Se necessário, leia mais uma vez o trecho do evangelho;
  2. Verifique as semelhanças que se insinuam com o evangelho;
  3. Distinga os personagens da primeira leitura e do evangelho, trace um paralelo entre eles. Tente perceber como se completam, quais os seus contrastes…

 

  1. Ler o texto implicando-se, tomando parte, envolvendo-se

 

  1. Volte a atenção para o trecho do evangelho a partir das descobertas que a leitura do livro do Exodo lhe proporcionou;
  2. Saboreie as descobertas, permitindo-se participar do evento narrado;
  3. Salmodie ao Senhor com o Sl 94 e conclua com a oração do dia.

 

  1. Ler o texto, pela última vez, com “olhos novos”

 

- Perseverando na leitura, que se pode deter sobre um bloco de versículos, sobre um versículo, sobre uma ideia, uma expressão, “enxergue” pessoas, situações, fatos que são “tocados” pelo mistério que você está experimentando mediante a leitura… Não é preciso muita coisa… concentre-se em um fato, ou numa pessoa, numa situação, num sentimento, numa postura…

 

Ao final, reze a seguinte prece:

Deixe aqui o seu comentário